Natureza | Anêmonas.



Dizem os poetas que esta flor nasce do vento que pelo vento é levada, onde oscilam paixões ao capricho do vento. Será! Podem ter flores azuis, brancas, rosas, vermelhas e mais raramente flores amarelas.
São plantas perenes e vão permanecer em seu jardim por muito tempo.
Descrição .
São flores perenes, encontradas em uma escala bem variada de cores sendo que as amarelas são mais incomuns. Multiplicam-se rapidamente. São plantas tóxicas e devemos ter cuidado com crianças e animais de estimação.Apesar da aparência delicada, a anêmona é bem resistente e, se manuseada adequadamente, pode durar até uma semana.
É uma planta rústica, resistente a pragas e doenças, resistente ao frio, mas sensível as geadas. Fazem belíssimas bordaduras, canteiros ou vasos.
Época de Floração da Anêmona
Florescem em toda a primavera e no início do verão.
Época de Plantio da Anêmona
A época ideal para plantar anémonas é entre o meio e o final do outono.
Clima para cultivar
São plantas de clima temperado.
Requerimento de luz
Sol e meia-sombra.
Precisam de luz direta do sol pela manhã e meia-sombra durante a tarde.
Dimensões da Planta
30 cm de altura por 15 cm de largura.

Natureza | Gerberas

As gérberas são lindas alegres e com cores vibrantes e perfumadas, elas pertencem a família das margaridas e do gira-sol. Ela possui vinte tons de cores diferentes. Elas gostam de ser cultivadas no próprio solo, quando plantadas em jardins florescem o ano todo. Não gostam muito de água, se plantadas em grandes vasos florescem na primavera e no verão. Elas são belas e requintadas, muito usadas em arranjos florais, em ornamentação. Suas flores são comercializadas a um preço alto para quem deseja deixar um ambiente lindo, ou mesmo presentear alguém  sem precisar gastar. Deixe sua casa seu ambiente lindo decore com gérberas.

Natureza | Cravos branco

Os cravos flores da cravina podem crescer até um metro de altura, atualmente entre os cravos existe mais de 300 espécies,  elas são de cultivo fácil e é comercializado para fazer perfumes e cosméticos, suas cores variadas e firmes a tornam uma flor muito bela.  As flores de cravo antigamente eram muito usadas em cerimônias e casamentos, usava uma flor na lapela do noivo e padrinhos. Elas eram tidas como flor da fidelidade. Elas são cultivadas desde os tempos antigos em Portugal o cravo vermelho tem valor simbólico e histórico simboliza a  revolução dos cravos em 24 de abril de 1974 uma data celebrada todos os anos é conhecida como dia da liberdade. Os cravos tem um significado de acordo com a cor.
 Cravo branco : Amor puro, inocência , talento e sorte.
 Cravo vermelho: respeito, amor, paixão e admiração.
 Cravo rosa :  felicidade e gratidão
 Cravo  roxo: solidão inconstância
 Cravo amarelo :  se estiver ele sozinho é desdem e rejeição. E se for em meio a outras cores é alegria e vivacidade

Natureza | Trepadeira ou cipó rosa.

O Cipó-Rosa (Cuspidaria convoluta) é uma trepadeira vigorosa pertencente à família das bignoniáceas, a mesmo dos belíssimos ipês brasileiros. Seu crescimento é bastante vigoroso com ramos bastante lenhosos. Tal quais os ipês perde totalmente as folhas durante o outono-inverno.  No finalzinho do inverno antes que suas folhas brotem totalmente solta uma florada impressionante com cachos de flores róseas com tonalidade clara que praticamente cobrem toda a planta num verdadeiro espetáculo da flora brasileira. Vale lembrar que existe também uma variação dessa espécie com flores totalmente brancas também de beleza notável. Essa trepadeira é bastante rústica podendo ser plantada em cercas, alambrados, taludes, etc. resistindo até temperaturas mais frias. A espécie de flores brancas é a Cuspidaria convoluta "Alba" e não é tão comum quanto a rosa, mas apresenta as mesmas características quanto ao vigor e utilização no paisagismo. Luz: Pleno sol. Solos: Vários tipos de solos preferencialmente os mais férteis. Origem: Brasil

Natureza | Manacá de cheiro de jardim.


O manacá de cheiro era presença certa nos quintais das casas das vovós do início do século 20. Hoje não é tão fácil encontrar essa espécie nativa da Mata Atlântica em quintais, porque boa parte desses lotes cheios de pomares e flores deu lugar a apartamentos. "Vintage", esses arbustos de flores brancas e roxas ou azuis podem ser cultivados em vasos.
"Porém, como seu perfume é bem forte, deve-se ter o cuidado de não plantá-lo próximo a dormitórios de crianças e de pessoas mais sensíveis", explica o paisagista João Jadão, da Planos e Plantas.
Além de disseminar seu odor característico, o manacá é conhecido por atrair borboletas, a "borboleta do manacá" (Methona themisto), que se desenvolve exclusivamente nas folhas dessa planta. Portanto não se assuste se "brotarem" lagartas, além de flores de sua arvorezinha. Elas não fazem mal a planta, portanto, evite destruí-las.manacá-de-cheiro (Brunfelsia uniflora) é um arbusto lenhoso da família das Solanaceaes, da qual também fazem parte o tomate, a batata e o tabaco. Seus nomes populares mais comuns são: manacá-de-jardim, garetaca, mercúrio-vegetal e romeu-e-julieta.
Parecido com uma pequena árvore, detém copa que pode atingir de 2 a 3 metros de altura e até 2 m de diâmetro. Seus ramos são densos e suas folhas ovaladas, lisas e verde escuras. "Se podado, o arbusto toma a forma de arvoreta", explica Jadão. É uma planta de zonas tropical e subtropical, adaptada a climas quentes. Mas tem um melhor desenvolvimento em zonas onde há grandes diferenças de temperaturas (dias quentes e noites frias).
De acordo com o paisagista Paulo Cezar Heib, as flores do manacá nascem nas extremidades de seus ramos e passam do azul violeta ao branco, durante a floração, principalmente na primavera e verão. "A beleza e o perfume conferem à planta um grande valor ornamental", avalia.
Cultivo
No mercado é possível encontrar desde pequenas mudas com cerca de 50 cm até plantas já formadas com quase 2 m de altura. A escolha do tamanho dependerá do projeto paisagístico e do espaço disponível.
O cultivo do manacá é feito através sementes, por estaquia ou - simplesmente – pelo transplante de mudas que surgem das raízes de um exemplar maior, o que torna o manacá-de-cheiro uma espécie entouceirada.
Menor que o "de cheiro", o manacá-da-serra tem menos perfume e flores mais violáceas.
Para o bom desenvolvimento, o manacá precisa de muito sol. Versátil, a planta pode ter cultivo isolado ou em grupo, inclusive na forma de renques (as populares cercas-vivas). Quando em vasos, cuide para que os recipientes sejam profundos e com grande diâmetro para não sufocar as raízes e dar boa sustentação ao arbusto.