Natureza | Cravos multicores.



Os cravos estão entre as mais famosas e populares flores. Eles são originários do continente asiático, mais especificamente do Extremo Oriente. Seu nome científico é dianthus caryophyllus. É uma planta exótica, muito mencionada na mitologia grega e na mitologia romana. Recebe, em Roma, o nome de “Flor de Júpiter“, por apresentar características similares ao deus de mesmo nome, o que representa, para a mitologia romana, o mesmo que Zeus representa para a mitologia grega. De extrema beleza e de cores muito variadas, essa flor apresenta abundância de pétalas e também um caule retilíneo muito verde, cilíndrico e tubular de lindíssima ramificação. Seu tamanho varia de acordo com a espécie, podendo chegar até 1 (um) metro de altura. É também um excelente pesticida, pois seu perfume forte e característico não é tolerado pela maioria dos insetos.Por apresentar grande variedade de cores e grande significado mitológico, os cravos representam, na maioria das culturas mundiais, a boa sorte, ou seja, o dom de atrair bênçãos e vitórias, e até hoje é usado como símbolo em bandeiras e festivais de muitos países, principalmente europeus. Já teve até o seu nome relacionado a uma revolta histórica, a Revolução dos Cravos, em Portugal, na década de 70. Quanto aos significado das flores, isso varia conforme a cor. No vermelho, representa o verdadeiro e profundo amor, além de um sentimento de gratidão, enquanto o de cor rosa demonstra carinho e boas recordações. As flores amarelas também transmitem um sentimento de conformismo e não reciprocidade. O branco com algumas listras, significa a dor e o lamento de um amor não correspondido, já a flor totalmente branca, como o Poema de Cravos Brancos, abaixo, traz a mensagem de pureza e inocência, como também de boa sorte.Devido aos seus significados, os cravos são muito usados na lapela de noivos durante casamentos. Além disso, possuem um aroma peculiar e delicado, por isso são uma das flores mais utilizadas na fabricação de incensos e perfumes. Quando misturados com canela, são indicados para eliminar o odor de cachorros de dentro de casa e até cheiro de gordura da cozinha. O cravo também é uma das flores mais procuradas em floriculturas, principalmente no dia das mães, por trazer grande simbologia à figura materna, pois há um contexto secular em que os cravos brancos, que representam saudade, prestam homenagens póstumas às mães que morreram e os vermelhos homenageiam as que estão vivas. Quando estão em vasos, como é o caso do arranjo abaixo, são lindos para levar mais cor à decoração dos ambientes. Os cravos devem ser cultivados em solo bastante quente, adubado e não muito úmido. Sua reprodução ocorre por meio de sementes, o que a torna uma flor de fácil cultivo, embora não deixe de requerer certos cuidados, sendo necessário cobri-las por uma mistura entre terra de jardim e terra vegetal, que deve ser mantida sempre úmida até o momento da germinação, entre uma ou duas semanas, e sob uma temperatura de 15ºC a 20ºC. Essa flor, nos trópicos, precisa ser cultivada em altitudes extremas. O clima da América do Sul favorece o cultivo de cravos da espécie dianthus fimbriatus, fato que torna possível a produção em larga escala dessa variedade de cravo nesse continente. Independente do motivo, ou a cor escolhida, presentear com esse tipo de flor faz a pessoa se sentir muito amada e querida. A sua fragrância envolvente, seu perfume sedutor e suas cores vibrantes, com certeza alegram e aquecem tanto o coração de quem recebe quanto o de quem dá um belo buquê  de cravos. O cravo rosa, por exemplo, que tem os significados de felicidade e gratidão, são perfeito para presentear alguém à quem você é muito grato! Pode ser sua mãe, por estar sempre do seu lado, aquela sua amiga especial, a namorada, e todos aqueles por quem você sente carinho. E quando os cravos são colocados em arranjos junto com rosas, por exemplo, tal qual o Majestoso Mix de Flores White, o presente se torna ainda mais elegante, surpreendente e lindo!