Natureza | Abacaxi roxo de jardim.



Herbácea quase acaule, pertence à família Commelinaceae, nativa do Sul do México, Belize e Guatemala, perene, suculenta, de até 20 cm de altura, com folhagem ornamental.
Folhas em roseta, carnosas, glabras, curtas, de 10-16 cm de comprimento, com textura fina e estreitamente sobrepostas em torno da haste. As folhas são variegadas nas cores branco, verde e um tom de rosa no lado superior, com lados de baixo roxo-rosado.
Para manter o porte ereto, basta remover todos os brotos que crescem na base.
Flores brancas, pequenas, com três pétalas que ficam escondidas por brácteas roxas. Surgem quase o ano todo e são pouco atraentes.
Indicada para o cultivo visando a formação de bordaduras, forrações e como maciços formando desenhos. Usada também em jardins rochosos.
.
Cuidados com o Abacaxi-roxo
Clima: Quente e úmido.
Aprecia o sol direto com alguma proteção à tarde, ou sombra peneirada sob árvores.
Cultivada em solo fértil, rico em matéria orgânica, bem drenado, mantido úmido e com regas reduzidas no inverno. Plantas estabelecidas têm tolerância à seca.
Recomenda-se o replantio a cada 2 anos. Adubar durante seu desenvolvimento ativo na primavera e verão, com NPK 10-10-10 e no outono adubar com esterco de gado bem curtido ou composto orgânico. Por ser um cultivar e sofrer melhoramentos é mais resistente a insetos e doenças, mas com excesso de umidade, fica suscetível a ácaros e cochonilhas e pode sofrer o apodrecimento das raízes. Multiplica-se raramente por sementes, por estaquia de folhas, plantadas em solo arenoso e facilmente pela divisão da planta.